Publicidade

central central central Zap zap Governo de Pernambuco Governo de Prenambuco Agreste Chã Grande Chã Grande Camara Fik Saude Unopar Gravatá Jumper Clarimagem Otica Brasil Gravatá Nobre Men MERKADÃO SOUZA EM GRAVATÁ Galeria Ortobom Gravatá patricia útilidades A bodega Turismo Viacão Soares Sicoob zz isanet Hotel Portal de Gravatá Otica Alpha Boteco Grego em Gravata alexandre rabelo A J SANTOS Restaurante Cuzeiro da Serra de Gravatá Emporio do Churrasco de Gravatá Contabilidade1s Amarcone Bezerra Tudo do Mar em Gravatá Feijoada do Matuto 2016 Feijoada do Matuto 2017 ANUNCIE SUA EMPRESA PARA VENDER MAIS
Ligue para Matuto: 81.9918.9456 ou blogdomatuto@live.com

GOVERNO RECUA, GREVE NACIONAL É ADIADA, MAS MOBILIZAÇÃO CONTINUA. DIA 5 TEM ATO NO DERBY

Ter, 05 de dezembro de 2017

atenção

paralização 0512

Diante da pressão da classe trabalhadora e sem os votos necessários para aprovar a reforma da Previdência, o governo ilegítimo, através do presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), resolveu retirar a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 287/16 da pauta da Câmara dos Deputados e cancelar a votação em primeiro turno, que aconteceria nesta quarta-feira, dia 6 de dezembro. A ideia é ganhar tempo e fôlego para retomar a discussão. Com isso, o presidente golpista tem o que seria a sua primeira grande derrota política. O lobby através de jantares luxuosos e outras benesses não foi o suficiente para convencer os parlamentares que se veem intimidados pela opinião pública e pela pressão do movimento sindical.


Com isso, a CUT e demais centrais sindicais decidiram adiar a greve nacional, prevista para acontecer nesta terça-feira, 5 de dezembro, um dia antes da votação da PEC 287. No entanto, em Recife, a CUT-PE decidiu manter a programação desta terça-feira, quando será realizado um ato público, a partir das 15h, na praça do Derby. “A votação foi adiada, mas o processo de mobilização continua. Não podemos confiar nesse governo golpista. Terça tem ato e, se a reforma da Previdência entrar na pauta novamente, o Brasil vai parar”, alerta o presidente da CUT-PE, Carlos Veras. Ele adianta que dia 11 tem nova mobilização em Pernambuco. Dessa vez, junto com a Fetape, Contag e MST, em defesa da classe trabalhadora, inclusive dos trabalhadores rurais.


Existem rumores de que a reforma da Previdência pode entrar na pauta da Câmara dos Deputados na semana de 11 a 15 de dezembro. Caso a informação seja confirmada, as centrais sindicais devem se reunir e anunciar a greve geral. “Essa é uma vitória parcial. A PEC 287 tem que ser arquivada. Vamos continuar reagindo a essa ofensiva do governo. Nenhum direito a menos aos trabalhadores e trabalhadoras deste País”, dispara o coordenador geral do Sindsep-PE, José Carlos de Oliveira.


Em nota divulgada no site da CUT Brasil, o presidente nacional da Central Única dos Trabalhadores, Vagner Freitas, reforça que a mobilização deve continuar. “O governo Temer continua trabalhando para conseguir os 308 votos necessários para aprovar a reforma da Previdência, medida rejeitada por 85% dos brasileiros, como apontou a última pesquisa CUT-Vox Populi, o que é inaceitável”, disse o sindicalista.


Segundo levantamento feito pelo Jornal Folha de São Paulo entre os dias 27 e 30 de novembro, dos 510 parlamentares, 213 são contrários à reforma da Previdência e apenas 42 se declaram favoráveis, enquanto  11 disseram que são favoráveis em parte. Além desses, 44 estão indecisos, 15 seguem o partido, 107 se negaram a responder e 78 não foram encontrados. Os partidos também se dividem. Até o momento, nem mesmo o PMDB – partido de Temer – tem maioria favorável à PEC 287.


CAMPANHA
Nem mesmo a campanha de mídia que custou R$ 171 milhões aos cofres públicos – uma contradição do próprio governo em tempos de crise – foi o bastante para conseguir o aval da população sobre a reforma da previdência. Essa campanha de mídia, por sinal, foi proibida de ser veiculada nessa quinta-feira, dia 30. Em resposta a uma ação movida pela Associação Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal do Brasil (Anfip), a juíza a 14ª Vara Federal de Brasília, Rosimayre Gonçalves de Carvalho, decidiu conceder liminar e suspender a veiculação da propaganda sob multa diária de R$ 50 mil em caso de desobediência.


ASSEMBLEIA ADIADA
Em virtude do adiamento da greve geral desta terça, a direção do Sindsep-PE resolveu cancelar a assembleia extraordinária que aconteceria na noite desta segunda, dia 4. No entanto, o sindicato continua atento e convoca os servidores a se mobilizarem e defenderem  seu  direito  de  se  aposentar.

 

ESTES ACREDITAM NO CRESCIMENTO DE
GRAVATÁ E CHÃ GRANDE
 

 

2 sicoob gravata 1906 3 oticas alpha  2 supermecado preco baixo 2 isanet em gravatá 2017 logo 2 fik saude

 

Redação: “CNG” Central de Notícias de Gravatá (1064-17) 2
Para:
www.blogdomatuto.com.br
Matuto “O Repórter do Povo"























.

Desenvolvido por Experts Zone