Publicidade

1  facebook 1 zap zap ac 1b logo governo de pernambuco ac a parceria ac chã grande as clarimagem di aciag fa sotica alpha fa supermercado 2r Preço Baixo fao unopar gravatá fik saude frango favorito em gravata i emporio do churrasco de gravata inova festas em gravatá m sicoob m tudo do mar em gravata MERKADÃO SOUZA EM GRAVATÁ n GRAVATÁ LOTERIAS nobre men o ortobom gravatá turismo 1h viacão soares vfb galeria z f boteco grego em gravata z farmacia nossa senhora das graças z farmagreste z fbom dia supermercado em gravata z fotica 1g otica brasil z g easindicato 2e sindicato rural de gravatá z hotel 1v portal de gravata z joel andrade z limpeza de beleza z podologa gravata zartificio zq A J SANTOS zq neide joias zr brucutu zt granja são pedro ztc ctfx zterra dos bichos zulocal link zz alexandre radelo corretor em gravatá zz isanet zz kentinha do klima Zz prisma zz sv cuzeiro zz taxi emanuel zzr contabilidade1s amarcone bezerra zzz 0b lradio zzz 4z foto exclusivas ZZZ lot zzz radio clima fm zzza radio cha grande fm zzza votr TV Mídia ZZZagua valle nevado em gravata zzzt jogos zzzt02 TELEFONES ÚTEIS DE GRAVATÁ zzzz 5z Gravatá Mais zzzz1 ARADIO DO MATUTO zzzza A TV DO BLOG DO MATUTO zzzztz horospoco diario zzzzz ANUNCIE SUA EMPRESA PARA VENDER MAIS zzzzz feijoada do matuto 2017 zzzzzzz feijoada do matuto 2016
Ligue para Matuto: 81.9918.9456 ou blogdomatuto@live.com

PARQUE DE SERRA NEGRA RECEBERÁ R$ 2,3 MILHÕES PARA MIRANTE E ESCADARIAS

Sex, 14 de julho de 2017

noticia do dia 2 serra negra bezerros

O recurso será para recuperação de trilhas e sinalizações, além da implantação de mirantes, escadarias, corrimões e a construção de um centro de referência voltado para atividades de educação ambienta.

 

Conhecido pelas suas trilhas e rica diversidade de fauna e flora, o Parque Ecológico de Serra Negra, em Bezerros, no Agreste pernambucano, receberá um investimento expressivo de R$ 2,3 milhões para obras de requalificação. O recurso, proveniente do Fundo de Compensação Ambiental do Estado, será destinado à recuperação de trilhas e sinalizações, além da implantação de mirantes, escadarias, corrimões e a construção de um centro de referência voltado para atividades de educação ambiental.

De acordo com o secretário de Turismo, Esportes e Lazer de Pernambuco, Felipe Carreras, o edital de licitação para contratação da empresa que ficará responsável pelo desenho do projeto e execução das obras deverá ser lançado em até 45 dias. "Quando passar todo esse processo, queremos estar com esse projeto pronto no parque antes do Carnaval", espera.

 

Porém, de acordo com a CPRH, as intervenções só poderão ocorrer no espaço após a gestão municipal, responsável por administrar o espaço, recategorizar a Unidade de Conservação por meio de decreto. "É um ajuste oficial para que a unidade se enquadre nas normas dos Sistemas Nacional e Estadual de Unidades de Conservação. Na legislação não existe a categoria “Parque Ecológico, mas sim Parque", explica a diretora-presidente da CPRH, Simone Souza, reforçando que o Plano de Manejo do espaço, concluído em outubro passado, sugere como essa a categoria mais adequada para o local.



Isso porque, contextualiza Simone, Unidades de Conservação inseridas no grupo de Proteção Integral, a exemplo de Parque, permite conciliar a conservação da biodiversidade local com visitação e atividades de educação ambiental e pesquisas científicas. O maior investimento, adianta, será para a construção do centro de referência - cerca de R$ 1,5 milhão.


O espaço será como uma "porta de entrada", onde os visitantes receberão explicações sobre o que é uma Unidade de Conservação, sua importância para a preservação do meio ambiente e poderão participar de palestras e oficinas. O centro, adiantou a gestora da CPRH, será feito com madeiras de reflorestamento, contará com painés solares e sistema de reuso de água - semelhante ao Econúcleo do Parque da Jaqueira, na Zona Norte do Recife.

Plano de manejo

De forma geral, o Plano de Manejo define as regras de uso dentro de uma Unidade de Conservação. No documento, estudos técnicos apontam, de acordo com as características locais, qual a melhor categoria que a unidade deverá ser incluída, baseando-se nas definições dos Sistemas Nacional e Estadual de Unidades de Conservação (Snuc e Seuc). "Essas intervenções no Parque Ecológico de Serra Negra só estão sendo feitas porque estão de acordo com as regras do Plano de Manejo do lugar", reforça Simone Souza.


Fonte: FOLHA PE

 

ESTES ACREDITAM NO CRESCIMENTO DE GRAVATÁ

 

3 unopar polo gravatá 2 taxi emanuel novo 1 logo cruzeiro 3 dr logo inova festas em gravatá 1  prisma estudio

 

Informações da Redação: “CNG” Central de Notícias de Gravatá (0572-17) 6
Para:
www.blogdomatuto.com.br
Matuto “O Repórter do Povo"

Desenvolvido por Fábio Belo