LAMA DE BRUMADINHO CHEGA AO RIO SÃO FRANCISCO

sábado, 23 de março de 2019

ex

No Dia Mundial da Água, relatório divulgado na Sexta Feira (22-Mar-2019) pela Fundação SOS Mata Atlântica traz monitoramento das Águas Brasileiras e alerta para a premonição tão indesejada: os rejeitos da barragem Córrego do Feijão, da Empresa Vale, que se rompeu em 25 de Janeiro, no Município de Brumadinho (MG), já atingiram o Rio São Francisco.

ri
Dos 12 Pontos Analisados no São Francisco, 9 estavam com condição ruim e 3, em condições regular, o que torna o trecho a partir do Reservatório de Retiro Baixo, entre os Municípios de Felixlândia e Pompéu, em Minas Gerais, até o Reservatório de Três Marias, no Alto São Francisco, também em Minas Gerais, com Água imprópria para usos da População.

 

Nesses Pontos de Coleta, a Turbidez, Transparência da Água, estava acima dos limites legais definidos pela Resolução 357 do Conselho Nacional do Meio Ambiente (CONAMA), para qualidade da Água Doce Superficial.

 

Apesar das medidas tomadas no sentido de evitar que os rejeitos atinjam o Rio São Francisco, os contaminantes mais finos estão ultrapassando o reservatório e descendo o rio e já são percebidos nas análises em padrões elevados, divulgou a SOS Mata Atlântica.

ESTES ACREDITAM E INVESTEM EM SUA MARCA, E TAMBÉM ACREDITA NO NOSSO TRABALHO

1 apoio portal

pre

1 apoio racco

1 apoio sindicato

1 apoio charme calcado

Redação:“CNM” Central de Notícias do Matuto (0186-19)3 

Para: www.blogdomatuto.com.br  

Reportagem: Matuto “O Repórter do Povo"

Desenvolvido por Fábio Belo